Empregos

UNESCO: Vaga consultor em modelagem hidrológica, Brasília – DF

Emprego UNESCO ORganização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura

Empresa Contratante

Empresa Contratante: UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura
Ramo da Atividade: Políticas públicas de desenvolvimento humano

A Representação da UNESCO no Brasil é um escritório nacional da região da América Latina. Seu principal objetivo é auxiliar a formulação e operacionalização de políticas públicas que estejam em sintonia com as estratégias acordadas entre os Estados Membros da UNESCO.

A atuação da UNESCO ocorre prioritariamente por intermédio de projetos governamentais de cooperação técnica, mas ocorre também em parceria com outros setores da sociedade civil, na medida em que seus propósitos venham a contribuir para as políticas públicas de desenvolvimento humano.

A Representação da UNESCO no Brasil foi estabelecida em 19 de junho de 1964 e se tornou Escritório Nacional no âmbito do Cluster Mercosul + Chile desde a nova estratégia de descentralização implementada pela sede da UNESCO. Em Brasília, o escritório da UNESCO iniciou suas atividades em 1972.

Dados da Vaga

Cargo Consultor
Projeto 914BRZ2016

Requisitos/Perfil Desejado

  • Qualificação educacional: Doutorado acadêmico na área de engenharia de recursos hídricos ou hidrologia e ter no mínimo 15 anos de experiência em modelagem hidrológica, em vista da expertise necessária para elaboração de reconstrução de séries e de um balanço hídrico confiável.
  • Experiência profissional: Deverá possuir experiência em modelagem hidrológica, definição de balanço hídrico, hidrologia, reconstrução de séries de vazões naturais.

Atribuições e Responsabilidades

  • A área de estudo será a Bacia do Alto Rio Descoberto, que corresponde à área de drenagem a montante do lago do Descoberto, localizado entre o Distrito Federal e o estado de Goiás, e compreende, no Distrito Federal, as Unidades Hidrográficas Alto Rio Descoberto, Ribeirão das Pedras e Rodeador. a. Elaboração do plano de trabalho.
  • Elaborar relatório com as justificativas dos modelos teóricos a serem utilizados e com detalhamento da metodologia adotada.
  • Realizar um estudo técnico sobre a disponibilidade atual (oferta) e futura (50 anos) baseadas nos dados hidro meteorológicos e de uso.
  • O estudo deve produzir: i. Modelo hidrológico calibrado para a região do estudo. A interface do modelo empregado deve ser de livre acesso. Junto com o modelo calibrado, deve ser fornecida série temporal de vazões médias mensais naturais por UH, produzidas pelo mesmo. ii. A vazão média das mínimas mensais atual e futura por UH; de forma a contemplar as diferentes zonas de captação; iii. O fluxo de base e o volume de descarga dos reservatórios subterrâneos mensalmente.
  • Realizar um estudo técnico sobre demanda de recurso hídrico. i. Mapeamento das demandas hídricas na área de estudo, com estimativa dos valores abstraídos, local de captação, uso consuntivo, regime de uso (discretização não superior a mensal) e fluxos de retorno ii. O mapeamento deverá ser baseado em imagens orbitais recentes (não anterior a 2012) de uso do solo e ser complementado pelo cadastro de usuários outorgados já existente.
  • Elaborar o Balanço Hídrico: i. Mensal por trecho estratégico, considerando vazão média mensal e vazão média das mínimas; ii. Mensal por UH, considerando vazão média mensal e vazão média das mínimas.
  • Produzir shapefiles e mapas das informações com os pontos de captação e suas vazões, os trechos e unidades hidrográficas, os pontos de controles, os balanços hídricos para vazão média e média das mínimas, as zonas de captação. Os trechos adotados devem possuir a indicação das coordenadas de seu início e fim e sua definição deve considerar os pontos de controle, as zonas de captação e definição das UHs.
  • Elaboração de um arquivo shapefile e o mapa com subdivisão das bacias por trechos estratégicos no DF e no Goiás; contemplando as zonas de captação, as unidades hidrográficas e os atuais pontos de controle.
  • Elaborar tabelas sínteses, em formato excel, contendo as informações georeferenciadas de vazões naturais reconstruídas, médias mensais e média das mínimas: • Das zonas de captação, • Dos trechos estratégicos e unidades hidrográficas, • Dos pontos de controles.
  • Elaborar o relatório final com os resultados obtidos, tabelas, shapes e demais formas de representação de dados produzidas.

Produtos

  1. Relatório detalhando metodologia e base teórica dos produtos.
  2. Estudo técnico sobre as disponibilidades do recurso hídrico na bacia do Alto Rio Descoberto.
  3. Estudo técnico sobre as demandas atuais de recurso hídrico.
  4. Documento técnico do balanço hídrico por UH e por trecho estratégico
  5. Documento técnico contendo Shapefiles e Mapas da subdivisão por trechos estratégicos da bacia (unidades hidrográficas – UH) e tabelas sínteses.
  6. Relatório Final com resultados obtidos, tabelas e shapes e demais formas de representação de dados produzidas.

Observação

  • Local de Trabalho: Brasília – DF, e caso necessário na bacia do Descoberto localizada no Goiás. A presença física em Brasília deve ocorrer para a apresentação dos produtos 1,4 e 6. A interação e troca de informações e dados pode ocorrer a partir de uso da internet.
  • Duração do contrato: 04 meses.

 

Envio de Currículos

Envio de currículos até dia 20 de Junho de 2017

Interessados que se encaixem no perfil acima devem encaminhar currículo (em anexo e no corpo da mensagem) para ugp@adasa.df.gov.br indicando no campo Assunto: o número do edital e o nome do perfil.

 

UNESCO: Divulgação

 

Fonte: UNESCO: Vaga consultor em modelagem hidrológica, Brasília – DF